Polícia Militar do Distrito Federal

Switch to desktop Register Login

Comandante-geral participa de reunião com a secretária de segurança e conselheiros comunitários

O comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal, coronel Marcos Antônio Nunes de Oliveira, participou, nesta segunda-feira (19), de uma entrevista coletiva a respeito das estratégias de combate à criminalidade no DF, juntamente com a secretária de Segurança Pública do Distrito Federal, Márcia de Alencar.

Na ocasião, o coronel Nunes anunciou que vai reforçar as ações da Polícia Militar em todo o DF e que o patrulhamento será intensificado nas áreas de maior concentração dos crimes de roubo e furto.

A ideia é ampliar as abordagens de rotina, especialmente em locais com grande fluxo de pessoas, paradas de ônibus, comércios, bancos, caixas eletrônicos, postos de combustíveis, além da montagem de diversos pontos de bloqueios nas principais vias do DF.

As ações, definidas em reunião realizada com os Conselheiros de Segurança do DF, estão focadas, principalmente, na redução dos crimes praticados contra pedestres, veículos, residências e estabelecimentos comerciais.

De acordo com o comandante-geral, a corporação está passando por uma reestruturação com objetivo de reorganizar as atividades administrativas e colocar mais policiais nas ruas, além de melhorar ainda mais o atendimento à população.

Por esse motivo foram criados os grandes Comandos Regionais de Policiamento, que vão realizar o trabalho administrativo antes realizado pelos batalhões operacionais, que ficarão responsáveis, exclusivamente, pelo policiamento e patrulhamento das cidades. O ganho previsto neste caso é de pelo menos 800 policiais a mais nas ruas ao término da reestruturação, que deve ocorrer até novembro deste ano.

Enquanto aguarda a ampliação do orçamento junto ao Governo Federal para a realização de novos concursos para seleção de 2 mil policiais em 2017, a Polícia Militar iniciou, na semana passada, o reforço no policiamento da capital por meio da Operação "RIC", que tem o objetivo de reduzir os índices de criminalidade,  colocando, a cada dia, 1,2 mil policiais a mais nas ações de combate ao crime.

Para isso, durante duas ou três vezes por semana todo o efetivo da Polícia Militar (unidades administrativas e batalhões operacionais) serão empregados nas ruas do DF. Os dias das operações serão definidos pelo Departamento Operacional da Corporação com base na análise criminal e na inteligência policial, que também define os locais de acordo com os índices de violência e criminalidade.

Diversas modalidades de policiamento são empregadas diariamente no DF e o efetivo policial é distribuído em carros, motos, bicicletas, cavalos e ainda no patrulhamento a pé. As unidades especializadas - Bope, Rotam, RPMon, BPCães, BPChoque e o Batalhão de Operações Aéreas - também auxiliam na fiscalização.

Somente neste ano, entre o início de janeiro e o fim de agosto, a PMDF prendeu 24,6 mil pessoas, incluindo 10,6 mil detenções em flagrante. No mesmo período, 1,8 mil armas foram apreendidas.

Polícia Militar do Distrito Federal - Muito mais que segurança. Todos os direitos reservados © 2015

Top Desktop version